Quais são os sintomas de infarto do miocárdio

Conheça mais o infarto do Miocárdio, veja os seus principais sintomas da doença e quais os tratamentos disponíveis na rede de saúde.

Infarto do miocárdio

O coração quando tem seu fluxo sanguíneo bloqueado por um período de tempo muito prolongado, se danifica ou mesmo vai a óbito, sendo este órgão de suma importância ao corpo, à prevenção de doenças coronárias se faz necessária, pois não há como prever quando irá ocorrer o ataque cardíaco. Alguns sintomas descritos por pessoas que sobreviveram ao infarto do miocárdio são ansiedade, tosse, vertigem, desmaio, palpitação acelerada, náuseas seguida de vômitos, falta de ar, sudorese e dor no peito que irradia ao queixo ou ao braço esquerdo.

Principais sintomas do infarto do miocárdio

Homem com dor no peito

O principal sintoma relatado por vítimas de doenças coronárias que sofreram um infarto do miocárdio é a dor no peito que irradia para a região mandibular ou ainda para o braço esquerdo, esta dor é descrita como: uma cinta muito apertada ao redor do peito; algo pesado colocado sobre o peito; má digestão; aperto; A descrição destas sensações pode confundir ou ainda auxiliar na identificação de um infarto do miocárdio, sendo esta dor apresentada em diferentes regiões quando refletidas, dependendo ainda de pessoa para pessoa, ou seja, existem casos em que esta dor pode ser refletida na região do abdômen, ombros, costas ou pescoço.

Causas para o infarto do miocárdio

As paredes das artérias podem acumular uma substância conhecida como placa que é formada pelo colesterol e outras substâncias, e estas placas podem sofrer rompimentos e lacerações, que grudam as plaquetas sanguíneas, bloqueando a passagem do sangue. É provável que este quadro de infarto ocorra quando a pessoa é submetida a crises de estresse, causando um fluxo de sangue maior, que coagula nestas fendas e lacerações, impedindo a passagem do sangue que é rico em oxigênio, de completar seu percurso.

Tratamentos após o infarto do miocárdio

O primeiro tratamento é dado ainda no pronto socorro, onde serão ligados aparelhos de monitoramento dos batimentos cardíacos, analisando as batidas do coração, submetido ainda a receber oxigênio, para que o corpo não precise fazer muito esforço e serão ministrados determinados medicamentos para reduzir as dores.

A angioplastia é o principal tratamento para o infarto do miocárdio, com o objetivo de abrir os vasos estreitos, devendo ser feito dentro dos primeiros momentos após o infarto do miocárdio, ou o paciente ainda pode receber medicamentos que dissolvam o coágulo.

coração com estetoscópio

O ideal é evitar que as condições das artérias cheguem ao ponto de acumular as plaquetas sanguíneas, considerando então uma vida saudável, equilibrando a carga de exercícios físicos e ainda a alimentação saudável, devendo evitar alimentos gordurosos e com teor de colesterol, promovendo então uma melhor qualidade de vida e eliminando os riscos de doenças coronárias. Após o tratamento do problema coronário, o paciente é inserido em um programa de reabilitação cardíaca, que insere as formas de evitar os problemas cardíacos, devendo ser feito em paralelo com os medicamentos prescritos para o controle eficaz, a fim de evitar outro infarto do miocárdio, prescritos pelo médico, devendo ser respeitadas suas doses diárias e ainda sua interrupção, caso seja necessário, devendo haver um acompanhamento médico para liberar a interrupção do medicamento.

Mais informações sobre infarto:

  • O que é o infarto do miocárdio
  • Principais sintomas do infarto
  • Sintomas e tratamento do infarto
  • Causas do infarto pulmonar
  • Infarto: como sobreviver se estiver sozinho
  • Sintomas do infarto feminino
  • Quais são os riscos de se ter  um infarto
  • Quais as causas de um infarto precoce

Publicado por Gabriele
Revisado em 08/09/2017

Compartilhar

Comentar com Facebook

Receba novidades

Comentar