Home » Comportamento » Relacionamento

O que é amor platônico

Uma das formas de amor mais comuns, que todos vivenciam em algum momento da vida, é o amor platônico. Entenda este sentimento.

Mulher com rosa escondida

Existem muitas formas de amor, e algumas fogem do convencional. No geral, a maioria das pessoas tem uma imagem prática do amor, que envolve um relacionamento e ações ligadas a esse relacionamento. Mas, sendo o amor um sentimento, este é algo subjetivo, que acontece antes de tudo dentro das pessoas.

Para alguns, o sentimento é mais importante que até mesmo o contato, enquanto para outros, é a única manifestação de amor que podem ter por uma paixão impossível – seja pela distância, porque você nunca se declarou, ou até pelo tempo. Esse tipo de amor impraticável e ainda assim forte, é o que chamamos de amor platônico. Saiba mais.

Como lidar com o amor platônico

É verdade que nada é mais importante em um relacionamento que os sentimentos. Os vínculos que unem duas pessoas são estritamente sentimentais, nascidos de algo que não é nem tangível nem possível descrever. Da mesma forma, o amor também é algo unilateral, que não precisa de consentimento para acontecer. Pode nascer como uma fagulha para algumas pessoas, e crescer independente da vontade própria e do conhecimento da pessoa amada. Esse tipo de amor que acontece sem que o outro tome parte, é o que chamamos de amor platônico.

Mulher apaixonada

É platônico porque só existe no meio dos sentimentos, sem jamais chegar a se realizar. É muito comum na adolescência e na infância, quando, por timidez ou simplesmente fantasia, os jovens colocam-se a sonhar com a pessoa amada, que quase sempre é fruto de uma idealização e, por isso, não é real. Para se lidar com o amor platônico, é preciso em primeiro lugar aceitar a sua impossibilidade pelo simples fato dele só existir em sonhos.

Quem tem um amor platônico precisa começar a pensar em termos de realidade, ou seja, o quanto conhece realmente a pessoa que ama e o quanto ela corresponde as fantasias. É preciso ter isso em mente, mas lidar com calma, no seu tempo.

Como superar o amor platônico

Superar um amor platônico é tão difícil quanto superar uma ideia. É algo abstrato, que só existe dentro de nós. Assim, a melhor maneira de superar o subjetivo é injetando objetividade em nossa vida. Faça planos, procure alguém real, mesmo que não seja perfeito como sua idealização.

Mulher conversando com homem

Procure estar perto de pessoas que vão lhe mostrar os lados positivos de um sentimento real, de um relacionamento real. O amor platônico, assim como os sonhos infantis, passa quando crescemos.

Amor platônico pode dar certo?

Muitos jovens enxergam essa pergunta com olhos brilhantes de expectativa. Mas não, o amor platônico não pode dar certo, pelo simples fato de que o que é platônico é inalcançável. Um amor para dar certo precisa ser real.

Assim, você não precisa desistir de seus sentimentos secretos, apenas torne-os públicos. Se declare para a pessoa amada, corra os riscos e se não der certo siga em frente. De outra forma, você só irá encontrar solidão, e uma solidão triste, porque estará preso eternamente em um sentimento inalcançável.

Publicado por Andre Moreira
Revisado em 27/09/2017

Compartilhar

Comentar com Facebook

Receba novidades

Comentar