Brincadeiras para jovens evangélicos

Há muitas brincadeiras que podem ser resgatas nos acampamentos, encontros e gincanas de jovens e crianças evangélicas, relembre-as.

Vivemos em um tempo em que a vida e as fases da vida se tornaram extremamente curtas, e o mais trágico, continuam a diminuir de tamanho. Com isso, períodos fundamentais para o desenvolvimento humano, como a infância, são podados violentamente.

Mas não é esse o desejo de nosso Senhor, nem é saudável que a infância seja diminuída em prol de um mundo consumista e apressado. Por isso, a infância missionária precisa conservar a infância dos jovens, sem com isso torná-la uma época monótona e vazia. Conheça algumas brincadeiras para incendiar jovens e crianças de sua igreja, sem abandonar os ideais cristãos.

                       

Brincadeiras tradicionais evangélicas

A infância é uma das fases mais importantes da vida. Não apenas por ser uma fase de inocência e fragilidade, em que nosso contato com o mundo ainda é o contato com algo novo e misterioso. Mas a infância também é a fase da vida que mais se encaixa no modelo ideal de cristãos, segundo aquele que nos foi deixado por Cristo.

Por isso é preciso valorizar as crianças e torná-las participativas nos trabalhos da causa. Mas isso sem fazer com que as crianças e jovens percam a infância. Logo, é fundamental para qualquer líder preparar e incentivar recreações para as crianças, e algumas brincadeiras são ótimas, tanto para melhorar o espírito cristão, como para fortificar as funções motoras, musculares, os reflexos, e naturalmente, divertir e entreter.

corrida de saco

Essas brincadeiras, tradicionalmente falando, são brincadeiras que existem há muito tempo, que vêm desde quando nossos avós eram crianças. Um tempo onde brincar requeria apenas disposição, e as brincadeiras eram ingênuas. É o caso, por exemplo, das famosas corridas de saco, que hoje já fazem parte do folclore popular. Enfim, as brincadeiras tradicionais ideais para a infância missionária são aquelas ligadas ao tipo de brincadeiras infantis destinadas antigamente para gincanas e atividades em acampamentos, por serem simples e ingênuas.

Brincadeiras evangélicas reflexivas

Quando falamos em infância não estamos nem de longe abrindo mão do comprometimento do cristão com a fé, muito pelo contrário, o caráter da infância missionária é justamente preparar a criança para a vida de cristão adulto, e para tanto é fundamental que nas brincadeiras exista espaço para meditar. Assim, boas brincadeiras são aquelas onde a criança aprenda a dividir, a contar com o companheiro, ou que diretamente remeta a bíblia.

caminho liso

Logo, uma gincana bíblica é uma ótima ideia de brincadeira reflexiva. Outra ideia, são dinâmicas onde o organizador dispõe as crianças em situações imaginárias, mas reais, com problemas do dia a dia, e pede para que reflitam sobre saídas.

Melhores brincadeiras evangélicas

As melhores brincadeiras, como já ditas, são as tradicionais, que remontem aos tempos das gincanas escolares. Como as corridas de saco, ou, em outro nível, as corridas com o ovo na colher.

bexigas coloridas

Provas com cabo de aço também são bastante apreciadas pelos jovens. Se você tiver acesso a lugares com rios ou piscinas, as possibilidades aumentam, sendo uma boa brincadeira dar às crianças um balde furado (mas não demais), e pedir que encham com água dentro de determinado tempo. Enfim, basta usar a imaginação, e pensar em como nossos pais e avós se divertiam.

Veja algumas dicas de brincadeiras antigas e divirta-se nos acampamentos e encontros de jovens:

Brincadeiras infantis - TVENDO E APRENDENDO

Veja mais sobre brincadeiras

Nenhum voto, seja o primeiro

Andre Moreira
24/01/14


Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook